Escova de dentes elétrica vs manual: qual a melhor?

Escova de dentes elétrica vs manual: qual a melhor?

A base para uma boa higiene oral passa sempre por uma boa escovagem. Mas a verdade é que são muitos os fatores que afetam a eficácia dessa lavagem. Desde a duração da escovagem à frequência com que a fazemos ou mesmo os instrumentos que utilizamos, tudo afeta a saúde oral!

Assim, é importante esclarecer uma dúvida muito comum acerca das escovas de dentes. Com certeza já se perguntou se as escovas elétricas são realmente melhores do que as manuais: vamos descobrir as diferenças entre elas?

Conheça aqui os prós e contras de cada uma e descubra qual a melhor opção para si!

Escova de dentes manual

Em primeiro lugar, a mais comum: a boa e velha escova de dentes manual é constituída por um cabo e uma cabeça com filamentos de nylon. Ainda que não possua as funcionalidades das escovas elétricas, a tecnologia do cabo ou cerdas pode também ser avançada.

Cada vez mais, o recomendado passa pela utilização de escovas de dentes suaves ou macias, de modo a preservar o esmalte dos dentes e a saúde das gengivas.

Vantagens

  • Fácil de encontrar
  • Preço acessível
  • Não requer energia, podendo ser utilizada em qualquer lugar

Desvantagens

  • Maior tendência a exercer uma força exagerada 
  • Mais difícil controlar o tempo da escovagem

Escova de dentes elétrica

Por outro lado, as escovas de dentes elétricas podem ser rotativas ou vibratórias, sendo a rotativa a mais utilizada e eficaz entre as duas. Estas apresentam uma base de carregamento ou apoio e, tal como acontece com as escovas manuais, a cabeça com cerdas de nylon deve ser trocada com frequência.

Além disso, podem também incluir diferentes modos de escovagem adequados a dentes sensíveis, branqueamento ou massagem das gengivas.

Vantagens

  • Mais eficiente na remoção da placa bacteriana
  • Útil para pessoas com mobilidade limitada
  • Menos desperdício (substituição apenas da cabeça e não da escova completa)
  • Temporizador
  • Divertido para as crianças

Desvantagens

  • Mais cara (tanto a escova em si, como as cabeças de substituição)
  • Depende de eletricidade, bateria ou pilhas

Qual a melhor opção?

Se acha que uma escova elétrica fará todo o trabalho por si, desengane-se! Isto porque, tanto as escovas manuais como as elétricas requerem que o utilizador realize a maior parte da ação de escovagem ao longo dos dentes e gengivas.

Ainda que vários estudos indiquem uma maior eficácia das escovas elétricas, a verdade é que ambas permitem uma boa escovagem. Ou seja, ambas são eficientes na remoção da placa bacteriana, responsável por cáries e doenças bucais.

Ainda que a escova manual seja bastante mais barata à partida, a longo prazo poderá ser mais económico investir numa escova elétrica e ir substituindo apenas as cabeças a cada 3 meses.

Por fim, a questão chave que se coloca é saber se está mais confortável com a utilização de uma escova de dentes elétrica ou manual. Mais do que o modelo que escolhe, o fundamental é garantir a frequência, duração e qualidade da escovagem, pois isso sim fará toda a diferença!

Rotina de higiene oral completa

A escovagem frequente, após cada refeição e com uma duração recomendada de 2 minutos, é um excelente hábito mas não é suficiente para uma higiene oral completa e eficaz.

Para além disso, deve complementar com fio dentário e um elixir. O fio dentário vai permitir remover todos os resíduos de alimentos que se acumulam entre os dentes, enquanto o elixir garante uma limpeza das zonas que a escova não consegue alcançar. Assim, garante uma higiene perfeita de toda a boca!

Não se esqueça que além de estar a cuidar dos seus dentes e gengivas, está também a contribuir para manter um hálito fresco e agradável durante muito mais tempo.

Contudo, bons hábitos devem ser complementados com os melhores produtos. Por isso, utilize sempre pasta de dentes e elixir bucal de acordo com as necessidades da sua boca.

Seja para uma ação branqueadora, protetora ou para dentes sensíveis, a gama de pastas de dentes Elgydium reúne os melhores produtos para manter a sua higiene oral! E claro, os mais pequenos não ficam de fora!

Pastas de dentes.
Branqueamento | Prevenção Cáries | Dentes Sensíveis | Kids

Em suma, manter uma boa higiene oral requer bons produtos e ferramentas, mas acima de tudo consistência. Seja qual for a sua escova ou pasta de dentes favorita, dedique diariamente alguns momentos para cuidar da sua boca e desfrutar de um sorriso fresco e saudável!

0 Partilhas