Ácido Glicólico: o que é e para que serve?

Ácido Glicólico: o que é e para que serve?

O ácido glicólico é um dos ácidos mais conhecidos na cosmética. Recomendado para uma pele mais irregular, envelhecida e oleosa, sabe efetivamente para que serve e os resultados que tem na pele?

O ácido glicólico é um alfa-hidroxiácido (AHA) natural, obtido a partir da cana de açúcar. Devido ao seu baixo peso molecular, penetra facilmente na pele e, por isso, promove resultados rápidos e visíveis.

É utilizado por dermatologistas, em elevadas concentrações, como agente de peeling químico, mas está cada vez mais presente nas rotinas de beleza diárias. Veja tudo o que este ácido lhe pode oferecer!

Para que serve o ácido glicólico?

Popular pela sua capacidade renovadora, o ácido glicólico causa uma destruição controlada da camada mais superficial da pele, também conhecida como esfoliação química, que provoca uma regeneração natural.

Apesar de poder ter várias utilidades, estes são os 3 principais problemas de pele que levam à utilização do ácido glicólico:

1. Reduzir sinais de envelhecimento visíveis

Com o passar dos anos, a pele vai perdendo compostos que ajudam a manter a elasticidade, firmeza e o aspeto saudável. Assim, começam a aparecer as rugas, flacidez e perda de densidade.

Como o ácido glicólico estimula a síntese destes componentes essenciais, contribui para restaurar a densidade e firmeza perdidas, desta forma consegue suavizar as rugas e linhas de expressão.

2. Atenuar manchas escuras

Além de acelerar a renovação da pele, o ácido glicólico regula a produção de melanina, pigmento responsável por dar cor à nossa pele. Assim sendo, além de atuar diretamente na renovação da pele à superfície, tem a capacidade de influenciar na formação de novas manchas.

As manchas escuras vão sendo naturalmente eliminadas, enquanto se previne o seu aparecimento. Deste modo obtém-se uma pele mais uniforme e luminosa.

3. Cuidado da pele oleosa

A pele oleosa tende a acumular impurezas, oleosidade e bactérias à superficie da pele. Este problema contribui para a formação de espinhas e comedões, tornando também a pele mais grossa.

O ácido glicólico regula a oleosidade da pele, reduz o tamanho e desobstrui os poros dilatados. Assim, previne o aparecimento de imperfeições e acelera a reparação das existentes.

De um modo geral, a utilização de ácido glicólico proporciona à pele uma textura mais lisa, luminosa e uniforme.

Contudo, há que ter alguns cuidados devido ao seu potencial irritante. A utilização de ácidos não é aconselhada em grávidas e pode resultar em vermelhidão e desconforto, principalmente no caso de uma pele sensível.

Uma vez que aumenta a reatividade da pele, é importante que termine a sua rotina com um protetor solar, durante todo o ano.

Produtos com Ácido Glicólico

São várias as marcas que desenvolvem produtos para um peeling químico ligeiro. Apresentamos-lhe uma seleção de alguns produtos, ao melhor preço:

Em suma, usar produtos com ácido glicólico pode trazer mais valias à pele grossa, envelhecida, com manchas e oleosa. Não esquecendo que é um ácido e que é necessária alguma atenção nas peles mais sensíveis.

Para além dos produtos com este ingrediente mágico, fique a par das novidades em Cosmetis.pt >>

0 Partilhas