Como hidratar a pele desidratada?

Como hidratar a pele desidratada?

A pele desidratada é um estado ocasional marcado pela falta de água. Além disso, pode afetar todos os tipos de pele, como resultado de vários fatores internos e externos.  

Os principais sinais que revelam essa falta de hidratação são a tez baça, sensibilidade aumentada e a sensação de repuxamento. Contudo, estes são os mesmos sinais de pele seca, o que leva frequentemente a uma dificuldade em distinguir ambas.

Diante disso, descubra tudo sobre pele desidratada e as nossas dicas para manter uma boa hidratação!

Importância da água na pele

A água é fundamental para manter o normal funcionamento do organismo. Além disso, com uma constituição de cerca de 70% na pele, tem também um papel essencial neste órgão.

A epiderme, camada mais externa, é responsável, entre outros, por evitar que a água evapore. Além disso, atua também como barreira protetora face ao exterior.

Contudo, em determinadas alturas, a pele perde a sua capacidade de fixação de água e, em consequência, há uma perda excessiva.

Desta forma, a concentração de água diminui, a pele perde volume e elasticidade. Enquanto isso, a sua função protetora é também diminuída. Assim, a pele torna-se mais sensível e reativa.

Importância da água na pele.

Principais causas de desidratação

São vários os fatores que causam a desidratação ou agravam esta situação.

Constantemente, a pele está exposta a uma série de agentes internos e externos que alteram o seu equilíbrio.

As alterações climáticas como temperaturas extremas, vento e exposição excessiva ao sol têm um impacto considerável. Aliás, a sensação de pele desidratada é mais comum nas alturas do pico do verão e inverno.

Além disso, em locais com ar condicionado ou aquecimento, o ar torna-se mais seco, o que potencia também a perda de água.

Por outro lado, é importante referir que o consumo de álcool e tabaco ou certos tratamentos médicos (por exemplo anti-acne) tem também influência.

Finalmente, a utilização de cosméticos desadequados. Assim, é de evitar a utilização de produtos de limpeza agressivos, água demasiado quente e produtos com elevada concentração de álcool ou ingredientes irritantes.

Sinais de pele desidratada

A falta de água implica que a pele reduza a sua capacidade para exercer as funções essenciais. Assim sendo, surgem sinais como:

  • Pele áspera
  • Sensação de repuxar
  • Perda de brilho e conforto
  • Aparência de linhas finas
  • Zonas irritadas
  • Pele mais sensível e reativa
  • Comichão e descamação

Uma vez que as necessidades da pele se vão alterando ao longo do tempo, é importante estar alerta e compreender os sinais. De facto, é mais importante até do que saber qual o seu tipo específico de pele.

Diferença entre pele seca e desidratada

Todos estes sinais podem aparecer tanto em pele seca como em pele desidratada. Contudo, estas são bastante diferentes e não podem ser tratadas da mesma forma.

A pele seca é uma condição permanente e corresponde a um tipo de pele específico. Caracteriza-se por uma baixa produção de sebo e água. Assim, os cuidados devem ser bastante ricos em gordura.

Contrariamente, a pele desidratada é uma alteração causada pela falta de água. Além disso, a desidratação da pele é um estado temporário, que pode ser facilmente contrariado com cuidados adequados.

Assim, a desidratação pode surgir em qualquer tipo de pele, podendo mesmo apresentar sinais de oleosidade como brilho excessivo, pontos negros ou borbulhas.

Dicas para hidratar a pele

É importante manter uma rotina de cuidado de pele que inclua os passos essenciais:

limpeza + hidratação + protetor solar

Por outro lado, há algumas dicas que deve seguir para manter a pele hidratada:

  • Evitar ambientes secos, com aquecimento ou ar condicionado que aceleram a evaporação de água;
  • Garantir um consumo diário de, pelo menos, 1,5L de água;
  • Ter sempre consigo um produto hidratante, que alivie o desconforto e contribua para a proteção da pele, como a água termal;
  • Evitar produtos de limpeza agressivos;
  • Proteger a pele em caso de condições extremas.

Que produtos escolher?

Além de devolver à pele a sua hidratação essencial, é também importante restaurar o seu conforto e reparar a barreira cutânea.

Assim, opte por gamas específicas para pele sensível e desidratada como a gama Hydrabio da Bioderma, Hydrance da Avène ou Hydraphase da La Roche Posay.

Em cada uma delas, descubra cuidados adequados ao seu tipo de pele, que pode associar à rotina diária.

No caso de uma pele seca, selecione produtos com texturas mais densas e gordurosas. Pelo contrário, é preferível utilizar produtos mais fluidos e leves em peles oleosas.

Finalmente, pode ainda utilizar um cuidado de efeito rápido, sempre que necessário, como a Avène Hydrance Bruma.

É um spray hidratante, refrescante e calmante, para pele sensível e desidratada. Em apenas 3 segundos, hidrata a pele de forma imediata e duradoura (até 24h), enquanto reforça a sua barreira protetora. Para um conforto instantâneo, utilize a bruma em qualquer lugar e a qualquer altura do dia.

Bruma hidratante, calmante e refrescante para pele desidratada e sensível.

Em suma, a água tem um papel fundamental no conforto e beleza da pele. A pele desidratada é um estado que pode ser contrariado através da utilização de cuidados adequados.

Mantenha-se alerta aos sinais que a sua pele lhe dá e desfrute de uma pele bonita e confortável!

0 Partilhas